Sábado, 24 de fevereiro de 201824/2/2018
43 3037-1240
Parcialmente nublado
17º
18º
28º
Londrina - PR
Erro ao processar!
Sorria Contra o Câncer
PETIÇÕES
O governo da Turquia acaba de prender Özlem, uma funcionária da Avaaz! Vamos libertá-la. / assine a petição
Pedimos que exerçam toda influência possível para assegurar liberdade à amiga e colega da Avaaz, Özlem Dalkıran e os outros defensores de direitos humanos detidos injustamente na Turquia. A repressão brutal da Turquia à sociedade civil e aos ativistas dos direitos humanos é contrária a tudo o que a UE defende! Não podemos fechar os olhos para isso.
Marcio Demari Londrina - PR
Postada em 30/10/2017 ás 02h12 - atualizada em 30/10/2017 ás 14h34
O governo da Turquia acaba de prender Özlem, uma funcionária da Avaaz! Vamos libertá-la. / assine a petição

O governo da Turquia acaba de prender Özlem, uma funcionária da Avaaz! Vamos libertá-la.

O governo da Turquia acaba de prender Özlem, uma funcionária da Avaaz! Vamos libertá-la. 

Özlem está sendo mantida na prisão sem acusações formais, apenas por ter participado de uma reunião de defensores dos direitos humanos. 

Para o governo turco, ela é só uma pessoa pega numa ação repressiva contra a sociedade civil. 

Se construirmos um enorme apelo internacional e usarmos a mídia para torná-la famosa, ela vai ganhar a atenção que merece, e se tornar uma dor de cabeça inesperada a esse governo em crise.

Nossa petição foi entregue à representante de Relações Exteriores da UE mas nós precisamos continuar a pressão antes da próxima reunião de cúpula da UE com a Turquia -- adicione seu nome agora e vamos libertar a Özlem. 


Assine a petição: https://secure.avaaz.org/po/free_ozlem_loc/?slideshow

FONTE: AVAAZ
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

imprimir
274