Terça, 16 de janeiro de 201816/1/2018
43 3037-1240
Nublado
20º
22º
26º
Londrina - PR
Erro ao processar!
Sorria Contra o Câncer
DIREITOS DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA
Perdas e vitórias: jogadores de basquete em cadeira de rodas do Afeganistão vão além dos limites
A seleção afegã de basquete em cadeira de rodas, apoiada pelo CICV, se aquece antes do jogo com os Emirados Árabes Unidos. O jogo aconteceu no dia 25 de outubro, 2017, na Administração do Esporte para Pessoas com Deficiência da China, Pequim.
Marcio Demari Londrina - PR
Postada em 30/11/2017 ás 03h26
Perdas e vitórias: jogadores de basquete em cadeira de rodas do Afeganistão vão além dos limites

A seleção afegã de basquete em cadeira de rodas, apoiada pelo CICV, se aquece antes do jogo com os Emirados Árabes Unidos. O jogo aconteceu no dia 25 de outubro, 2017, na Administração do Esporte para Pessoas com Deficiência da China, Pequim.

A seleção afegã de basquete em cadeira de rodas, patrocinada pelo Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV), participou do Campeonato IWBF 2017 da Ásia-Oceania, entre 21 e 29 de outubro de 2017 em Pequim.


Esta é a segunda vez que o time participa nas competições internacionais desde a sua criação em 2013 pelo Comitê Paralímpico do Afeganistão, com o apoio do CICV. Tendo perdido os quatro jogos do campeonato em Beijing, os jogadores ganharam o reconhecimento pelos seus esforços contra as limitações das deficiências físicas.


"O Afeganistão não deve ser esquecido", avisa Alberto Cairo, chefe do programa ortopédico do CICV no país desde 1992 e conselheiro sênior do time. "O Afeganistão ainda está no mapa. Não existe apenas guerra no país, também há esportes. Espero que esta competição ajude a criar uma opinião diferente sobre o Afeganistão."


O CICV, que administra sete centros de reabilitação ortopédica no país, trabalha para promover a inclusão social das pessoas com deficiência mediante atividades como treinamento vocacional e esportes.

FONTE: Comitê Internacional da Cruz Vermelha
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

imprimir
191