Quarta, 17 de janeiro de 201817/1/2018
43 3037-1240
Nublado
20º
20º
27º
Londrina - PR
Erro ao processar!
Sorria Contra o Câncer
POLITICAS PÚBLICAS
É necessário repensar as formas de se governar as cidades, diz chefe do ONU-Habitat
No Dia Mundial das Cidades, um oficial das Nações Unidas enfatizou na terça-feira (31) a necessidade de encontrar formas inovadoras de governar as cidades, enquanto mais da metade da população mundial vive em áreas urbanas. “O escopo e a velocidade com as quais as pessoas acessam informações e interagem entre si não têm precedentes na história, e as instituições precisam reagir a essas novas formas de exercício da cidadania”, disse o chefe do Programa das Nações Unidas para Assentamentos Humanos (ONU-Habitat), Joan Clos.
Marcio Demari Londrina - PR
Postada em 07/01/2018 ás 14h28
É necessário repensar as formas de se governar as cidades, diz chefe do ONU-Habitat

Vista do Cairo, no Egito, durante hora do rush. Foto: Banco Mundial/Dominic Chavez

No Dia Mundial das Cidades, um oficial das Nações Unidas enfatizou na terça-feira (31) a necessidade de encontrar formas inovadoras de governar as cidades, enquanto mais da metade da população mundial vive em áreas urbanas.


“O escopo e a velocidade com as quais as pessoas acessam informações e interagem entre si não têm precedentes na história, e as instituições precisam reagir a essas novas formas de exercício da cidadania”, disse o chefe do Programa das Nações Unidas para Assentamentos Humanos (ONU-Habitat), Joan Clos, em mensagem para a data, cujo tema deste ano é “Governança Inovativa, Cidades Abertas”. “Não devemos temer a inovação”, enfatizou.


A adoção da Nova Agenda Urbana em 2016, durante a Conferência da ONU sobre Habitação e Desenvolvimento Urbano Sustentável, conhecida como Habitat III, criou visões sobre como construir, planejar e gerenciar as cidades de forma mais inclusiva, segura, resiliente e sustentável.


Clos disse que o uso da tecnologia, com ferramentas de crowd-sourcing (financiamento coletivo), podem ajudar a gerar ideias e criar abordagens novas para a governança e a tomada de decisões em políticas públicas.


“Se abrirmos nossas mentes para as possibilidades e oportunidades que o governo aberto apresenta, contribuiremos de forma significativa para gerar um mundo melhor para as pessoas, o planeta e a prosperidade”, disse.

FONTE: ONU-Habitat
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

imprimir
3.738