Terça, 13 de Abril de 2021
** *****-****
25°

Poucas nuvens

Florianópolis - SC

Dólar com.

R$ 5,72

Euro

R$ 6,83

Peso Arg.

R$ 0,06

Planeta Voluntários Governamental

Mapa da miséria, habitação, violência, educação e meio ambiente no planeta.

Mapa da miséria, habitação, violência, educação e meio ambiente no planeta.

09/10/2017 21h11 Atualizada há 3 anos
16.199
Por: Marcio Demari Fonte: Documentos internacionais, principalmente da ONU, UNICEF, OMS, FAO, OIT e UNAIDS, Greenpeace.
Mapa da miséria, habitação, violência, educação e meio ambiente no planeta.
Mapa da miséria, habitação, violência, educação e meio ambiente no planeta.

Assistimos todos os dias um índice crescente de aspectos sociais negativos, com sequelas e soluções de continuidade imensuráveis na saúde, educação e segurança pública.

Assistimos também o comodismo de muita gente que, acreditando ser invulnerável a todo e qualquer sinistro, esquivam-se de compartilhar, estão sempre com pressa, ignoram colaboração coletiva e omitem-se no próprio egoísmo. Lamentavelmente essas pessoas inertes ainda comungam aquela máxima de que: ?pago meus impostos e exijo meus direitos?. Está na hora de rever seus conceitos. Está na hora de ver o que se passa na sua rua e no seu bairro. Há muita atividade que poderia melhorar o convívio e a vida das pessoas se cada uma delas absorvesse o espírito do voluntariado. De uma simples ajuda a grandes mutirões se consegue resultados espetaculares e os beneficiados são para todos, sejam crianças, jovens e adultos.

Pobreza 
Entre 55 e 90 milhões de pessoas passarão à condição de pobreza extrema ainda neste ano, devido à recessão mundial resultante da crise financeira internacional.Mais de 1 Bilhão sofrerá de fome crônica no mundo todo.
Segundo pesquisas, 53,9 milhões de brasileiros são pobres; isso significa que quatro em cada dez brasileiros vivem em miséria absoluta. Entre as 130 Nações que medem a distribuição de renda, o Brasil é o penúltimo colocado; só ganha de Serra Leoa.equivale a 31,7% da população. 21,9 milhões dessa população são muito pobres, ou 12,9% dos brasileiros. FONTE: FAO

Água Potável
Globalmente, ao longo das últimas décadas, a quantidade de água potável disponível tem diminuído dramaticamente. Há 1,6 bilhão de Km³ de água no mundo, mas, o que podemos beber é menos de 1% disso... A poluição das águas mata hoje 2,2 milhões de pessoas por ano; mais de 75 % da reserva mundial de peixes é sobre-explorada; 
E o aumento no nível dos oceanos causado pelo aquecimento global pode deslocar dezenas de milhões de pessoas. Em 20 anos, mais de 60% da população mundial sofrerão com a escassez de água. Também segundo a ONU, na atualidade, mais de 1,1 bilhão de pessoas não têm acesso a água tratada. 
Fonte: ONU

Saneamento
Quatro em cada 10 pessoas no mundo não têm acesso nem a uma simples latrina de fossa não asséptica, e são obrigadas a defecar a céu aberto. Aproximadamente 2 em cada 10 pessoas ? mais de 1 bilhão de pessoas ? não têm nenhuma fonte de água potável segura. 
80% das internações hospitalares no mundo são devidas a doenças transmitidas pela água. Como consequência, 3.900 crianças morrem diariamente em razão desta crise humanitária, totalmente evitável, porém silenciosa. Fonte: OMS

Habitação
Atualmente, 900 milhões de pessoas vivem em assentamentos precários (favelas e áreas de risco) em todo o mundo. A menos que a situação mude substancialmente, 1,5 bilhão de moradores de zonas urbanas serão favelados em 2020,o equivalente à população da China.
O Brasil terá 55 milhões de favelados, o que seria equivalente a 25% da população do país. Atualmente, quase 1 bilhão de pessoas ? um sexto da população mundial ? vivem em favelas. Fonte: ONU

Educação
O Brasil tem atualmente cerca de 16 milhões de analfabetos, e metade desse número está concentrada em menos de 10% dos municípios do país. O planeta ainda conta com 780 milhões de analfabetos. 
No Brasil existem 16,295 milhões de pessoas incapazes de ler e escrever pelo menos um bilhete simples. Levando-se em conta o conceito de "analfabeto funcional", que inclui as pessoas com menos de quatro séries de estudo concluídas, o número salta para 33 milhões. Fonte: UNESCO

Trabalho Infantil
Cerca de 2,5 milhões de crianças, entre 5 e 16 anos, trabalham no Brasil, o que o coloca entre os países com os maiores índices de trabalho infantil. Cerca de 250 milhões de crianças no mundo trabalhando (entre os 5 e 14 anos), mas as estatísticas não são muito seguras, dado que boa parte da exploração é clandestina ou realizada em setores econômicos informais.
Na África, uma em cada três crianças é explorada e, na América Latina, uma em cada cinco. A situação em alguns países No Equador, país que encabeça o ranking de trabalho infantil no continente, onde 1 milhão e quinhentos mil menores trabalham nos bananais, fabricação de tijolos e outros. Fonte: OIT / UNICEF

Violência
Segundo a UNESCO, de 60 países analisados, em apenas 06 o número de homicídios é superior ao número de mortes por acidentes de trânsito.Dentre esses está o Brasil e mais três países da América Latina.
Em 49 desses países, o número de suicídios é superior ao número de homicídios; dentre as exceções está o Brasil e mais sete países da América Latina. A América Latina é a região onde mais ocorrem homicídios no planeta: 30 mortes para cada grupo de 100.000 pessoas ao ano, o triplo da média mundial.

Da população mundial, o Brasil responde por 11% de todos os homicídios do planeta. É o 2º país que mais mata utilizando armas de fogo, 3º em homicídios contra jovens e 4º colocado em homicídios no geral. O Brasil é o 3º mais violento da América Latina, perdendo somente para a Colômbia e Venezuela. Fonte: UNESCO

Desmatamento
Dados divulgados indicam que a Floresta Amazônica perdeu 754,3 quilômetros quadrados de florestas entre novembro de 2008 e janeiro de 2009. A área equivale a metade do município de São Paulo.
O país perdeu um campo de futebol a cada dez minutos na Amazônia, nos últimos 20 anos. O Brasil é campeão mundial de desmatamento. Em segundo lugar está a Indonésia: 18,7 km2 por ano e, em terceiro, segue o Sudão, com 5,9 km2. As principais causas pelo desmatamento na Amazônia são a retirada de madeira, o cultivo de soja e gado. Fonte: Greenpeace

Quando olha para o mundo nessa perspectiva, consegue perceber a real necessidade de solidariedade, compreensão e ajuda mútua?

Por Marcio Demari 
PLANETA VOLUNTÁRIOS 
Porque ajudar faz bem ! 
A maior Rede Social de Voluntários e ONGs do Brasil !!!

Artigos Terceiro Setor
Sobre Artigos Terceiro Setor
Artigos Voltados para o Terceiro Setor
Anúncio
Florianópolis - SC
Atualizado às 17h06 - Fonte: Climatempo
25°
Poucas nuvens

Mín. 18° Máx. 26°

25° Sensação
19 km/h Vento
54% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (14/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 26°

Sol com muitas nuvens
Quinta (15/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 26°

Sol com muitas nuvens
Mais lidas
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias